8 de abril de 2011

Afague

O que eu faço?
Viver do passado não vai adiantar
O presente só me enfraquece
E o futuro só me faz sonhar
Quero o que é meu de direito
E até o que não é meu
E você se enquadra do meu direito
Sabe o que queria agora ?
Sonhar e realizar
Alguém tem lutar,
Mas o meu tempo é o mesmo que o seu
Só precisamos nos encontrar
Quero e preciso dizer coisas sem sentido
Pois a minha eloquência numvale de nada
Mas o nosso interior nos leva a crêr em algo
Eu apenas quero te sentir
Precisamos acabar com o passado
Sabe o que eu preciso agora ?
De alguém que me afague
Sabe o que você precisa agora ?
De alguém como eu...

Um comentário:

  1. Assim como os outros esse poema está maravilhoso...
    Muito sucesso querida!

    ResponderExcluir