12 de junho de 2011

Ao meu eterno namorado

Hellen &Gabriel



Tantas noites acordei pensando em ti...
O meu maior desejo era ter você aqui
Tantas lágrimas derramei em meio a solidão

Tantos sonhos pareciam ser em vão
Quis acordar em meio aos pesadelos
Tudo que era nosso foi substituído por crueldade

Por tantas vezes pensei em desistir de você
Em ruas desertas demonstrava o meu amor por você
Procurei te esconder na mais profunda cavidade do meu coração

É inevitavel fingir que não há nada entre nós
Em cada olhar é dado com cumplicidade
Por que temos que nos esconder?

Um amor não pode ser apagado assim
De mãos dadas percebo que alguém nos vigia
O medo percorre o meu rosto

O que fazer diante disso ?
Cansei de sentir a tua falta
De falar escondido pra ninguém ouvir

Não sou apenas matéria
Tenho coração!
Quero poder gritar para todos ouvirem

Eu sou alguém que ama...
Em seus olhos percebo a falta que sentes...
Eu tentei evitar essa dor

As nossas almas estão ligadas
Escuto os batimentos do teu coração
Te sinto em cada anoitecer...

Em cada amanhecer escuto a tua voz no pé do ouvido
Sonhos ? 
É apenas você perto de mim

O meu corpo tem a tua marca
Ao tocares perceberá que é tudo seu...
É apenas um belo amor

Não há nuvem de ódio que possa apagar
Não há luz que não se apague
Estamos aqui e precisamos disso!


Direitos autorais reservados à : Hellen Santos

2 comentários:

  1. Esse foi o poema mais lindo que já ví em toda minha vida... não a como não me emocionar!
    Amor eterno!

    ResponderExcluir
  2. Fiz exclusivamente pra você!
    Te amo muito...

    ResponderExcluir