17 de maio de 2012

Eu espero



Queria poder te dizer não
Olhar em teus,
E fingir que não há nada a te dizer
Mas eu sei que há
E quando te vejo não consigo disfarçar
É amor,
O mais puro que pode existir
Mas não quero que saibas
Me deste às costas,
Me deixaste sem sentido
E não é agora que irás voltar pra mim
Então tenho que fingir,
Que não há mais sentimento
Que és pra mim como qualquer outro
Eu espero,
Que um dia possa realmente te olhar nos olhos
E dizer-te que acabou.

Direitos autorais reservados à : Hellen Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário